Gramática em inglês: como usar as “If-clauses”

Na hora de dar conselhos, discutir fatos cotidianos, falar sobre possibilidades, traçar novos planos, criar situações hipotéticas ou comentar as suas escolhas do passado: If you learn how to use the if-clauses, you’ll certainly be able to do all this in English! (Se você aprender a usar as if-clauses, certamente, conseguirá fazer tudo isso em inglês!). As If-clauses são as conditional tenses (frases condicionais) do inglês e a frase destacada acima é um exemplo desse uso. Em português, elas nada mais são que as sentenças que começam com “se”.

Bom, vamos ao que interessa: Você ficando craque ao se comunicar em cada uma dessas situações. Para isso, selecionamos os quatro tipos de if-clauses mais usados em inglês:

Zero Conditional
Esse uso é fundamental para quando você quer apresentar um fato, ou seja, alguma coisa de que você tem certeza ou que acontece com bastante frequência. Assim como todas as if-clauses, a Zero Conditional é formada por duas sentenças, geralmente ligadas pelo “if”. Ela é marcada pelos verbos no presente:

If grandma goes to the supermarket on foot, her legs hurt.
(Se a vovó vai ao supermercado a pé, as pernas dela doem.)

Também é possível usar o when ou unless, que funcionam como as palavras “quando” e “a menos que” em português:

I feel very good when I go on a trip.
(Eu me sinto muito bem quando viajo.)

Don’t wake me up unless Beth gets back home early.
(Não me acorde a menos que a Beth volte para casa cedo.)

Falamos sobre a Zero Conditional no English Experts também, se você quiser ler um pouco mais.

First Conditional
Essa é ideal para as mães! A First Conditional é ótima para dar conselhos ou impor condições. A sua estrutura se parece com a da Zero Conditional, mas enquanto o verbo da if-clause aparece no presente, o da sentença principal é usado no futuro:

If you don’t take a coat with you, you’ll be cold at night.
(Se você não levar um casaco, vai ficar com frio à noite.)

She won’t pass the year unless she studies hard.
(Ela não vai passar de ano a menos que estude muito.)

Second Conditional
Se a intenção é falar de situações hipotéticas no presente ou no futuro, use a Second Conditional. Nela, o verbo da if-clause é usado no simple past e o da sentença principal é acompanhado dos modais “would”, “could” ou “might” (clique para saber mais sobre esse modais):

If she had a car, she could see her boyfriend every day.
(Se ela tivesse um carro, poderia ver o namorado todos os dias.)

Como estamos falando de situações hipotéticas, o verb to be é usado de uma maneira um pouco diferente nesses casos. Mesmo para he, she, it e I, o verbo usado é o were:

If I were you, I wouldn’t spend so much money on clothes.
(Se eu fosse você, não gastaria tanto dinheiro com roupas.)

Third Conditional
Aqui, continuamos falando de situações hipotéticas, mas agora sobre o passado, ou seja, é para quando queremos comentar algo que não aconteceu (ideal para chorar pelo leite derramado!). Para isso, usamos o verbo da if-clause no past perfect e o da sentença principal com o formato do present perfect, só que acompanhado novamente de “would”, “could” ou “might” , o que dá à estrutura a ideia de uma possibilidade que não aconteceu, bem diferente do present perfect de fato:

If they had planned better, they might have already moved to England.
(Se eles tivessem se planejado melhor, talvez já tivessem se mudado para a Inglaterra.)

Mesmo com alguns exemplos apenas, já dá para perceber que podemos usar as if-clauses para falar sobre diversos assuntos em diferentes momentos, não é? Então, saber como usá-las pode nos deixar muito mais seguros na hora de falar inglês, o que é fundamental para a fluência na língua.

Que tal conferir outros posts aqui no blog? Veja:

Conjunções em inglês: as mais usadas

Substantivos contáveis e incontáveis em inglês

EF English Live

EF English Live

A English Live faz parte do grupo Education First e é a maior escola de inglês online do mundo, criada em 1996. São mais de 100 mil alunos só no Brasil.

Você também pode gostar desses artigos

31 comments

  1. If I had studied this site for the last test , I would have taken better note.

  2. If I save money, I will travel to USA
    If I saved money, I would travel to USA.
    I I had saved money , I would had traveled to USA

  3. I fell backache when I don’t practice exercices.
    If I eat very well, I will good health.
    I won’t travel in my holiday unless I save money this year.
    If my friends had worked hard, they might have already bought a new house.

    1. Olá, Lidiane, very good!
      Temos algumas sugestões:
      frase 1) fica mais natural se usar só “exercise: when I exercise
      frase 2) diga: I will be healthy
      frase 3 e 4) tudo perfeito!

  4. “If She were my daughter, I would like to see her happy.”
    Essa é a tradução correta para a frase: Se ela fosse minha filha, eu queria que ela fosse feliz????

      1. Eu pensei q esse were so éra usado para dar esse sentido de possibilidade de se colocar no lugar do outro para o pronome “I”, sendo que os demais pronomes no singular(he, she, it) usariam was mesmo.

        1. Oi, Pedro! Gramaticalmente, o uso em “if-clauses” para o passado do verbo “to be” é “were” em todos os casos 🙂

  5. Hello! Eu preciso criar um sonho interpretado, usando if clauses, por isso se vocês pudessem dar uma olhada no meu texto para dizer o que está incorreto ou o que poderia ser acrescentado, eu ficaria grata!
    And if I dream of a violin?
    If you dream of this instrument, it would mean that you will find true peace and simplest love. And if the melody intensifies and sound the whole environment overflowing to the point of drowning you, you won´t worry because there will be the one who’ll always be there to guide you.

    1. Olá, Julia,
      Aconselhamos a mudar o “simplest” por “simple” ou “simpler”, porque não nos parece uma construção superlativa.
      Também é bom rever essa passagem: “and sound the whole environment overflowing to the point of drowning you”. Não temos certeza do que quis dizer aqui, veja se seria isso:
      “and the sound takes over the whole environment overflowing to the point of…” – acrescentamos um verbo depois the “sound”, mas dúvida continuou com “drown”, que tem uma conotação de algo ruim. Era para ser ruim mesmo?
      Quanto a “won’t”, sugerimos trocar por “shouldn’t”, pois está falando de uma possibilidade/conselho, não de algo concreto.
      Esperamos que isso ajude!

  6. And if I dream of a violin?
    If you dream of this instrument, it would mean that you will find true peace and simplest love. And if the melody intensifies and sound the whole environment overflowing to the point of drowning you, you won’t worry because there will be the one who’ll always be there to guide you.

  7. If I give a present to my girlfriend, she will like
    if i gave a present to my girfriend, she would like
    If I had given a present to my girlfriend, she would have liked

    1. Olá, Rafael!
      Essa é o que a gente chama de “mixed conditional”, ela usa parte de condicionais diferentes. Mas está certa, sim!

  8. BOM DIA! Me ajudem!!!
    Na frase: “If you become a star, you don’t change, everybody else changes.” , está correto o uso de “don’t”? Ou deveria ser “wouldn’t”?

    1. Olá, Ione, a frase está certa. É uma condicional 0. Funciona para mostrar ação e reação. Algo como: “se chover, a grama fica molhada”. É algo que sempre acontece, sabe?
      Esperamos que isso ajude!

  9. Hi Debora
    You teach in a way that I can easily understand. Thank you very much

  10. when i go to work with my bicycle, i am exercise me

    I will give food to the baby, when he are hungry

    If i saved money, i could by my refrigerator

    If i had bougth a shoes, i wouldn’t have needed to go to work with sneakers

    1. Oi, Lizandra,
      Uau, quatro frases, parabéns!
      Temos algumas modificações em suas frases:

    2. When I go to work by bike, I exercise.
    3. I will give food to the baby, when he is hungry.
    4. If I saved money, I could buy my refrigerator.
    5. If I had bought shoes, I wouldn’t have needed to go to work wearing sneakers.
    6. Dê uma olhada nas partes em negrito e nos avise se tiver dúvidas, está bem? Esperamos que isso ajude!

  11. If I studied for the test, I couldn’t be of recovery

    If I wasn’t of recovery, my father would let me go at the party

    If I dindn’t eat so much, I couldn’t be sick

    If I didn’t sleep late, I wouldn’t be late

    If I took care of my hair, I would do better in the photos

    If I didn’t run, I wouldn’t have hurt me

    1. Amanda, quantos exemplos, uau!
      Podemos fazer algumas observações?
      A gente não diz “be of recovery”, mas, sim, “fail”. E eles, lá fora, não têm exatamente um sistema de recuperação. Algumas escolas oferecem um “retake” de prova, outras oferecem “summer school”. E vale notar também que você está falando de algo que já aconteceu, então, usa-se a “third conditional”. Então, as duas primeiras, sugerimos:
      If I had studied for the test, I wouldn’t have failed. If I hadn’t fail, my father would let me go to the party.

      Na terceira frase e na última frase, também está falando de algo que já passou, que você já fez: If I hadn’t eaten so much… / If I hadn’t run.

      Esperamos que isso ajude!

  12. O exemplo “She won’t pass the year unless she studies hard” dado pelo site soaria natural para um falante nativo ? Essa ideia de “passar de ano” não me parece ser intercambiável entre os dois idiomas

    1. Olá, Felipe,
      A expressão é usada lá fora também, embora não seja a única. Esperamos que isso ajude 🙂

  13. Olá, queria se podesse ser, ajuda.
    A minha professora mandou me fazer fichas sobre “If-clauses” e eu gostava de saber como fica o verbo study na negativa nesta frase: “If Peter _____________ (not/ to study), he ____________________ (to fail) the exam.”

    1. Oi, Rafaela! O verbo auxiliar para deixar “study” na negativa é “do” e, de acordo com a regrinha da “first conditional”, a segunda frase fica no futuro, com o auxiliar “will”: If Peter doesn’t study, he will fail the exam. (Se Peter não estudar, ele reprovará na prova.)
      😉

  14. Como estamos falando de situações hipotéticas, o verb (verbo) to be é usado de uma maneira um pouco diferente nesses casos. Mesmo para he, she, it e I, o verbo usado é o were:

    Muito bom, embora tenha alguns erros esta ótimo

    1. Thank you, Anon! E ajudaria muito a gente se pudesse pontuar o que encontrou para podemos fazer os ajustes necessários 😉

Deixe um comentário!

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios