Globo

Como se acostumar a diferentes sotaques em inglês?

26/03/2020

Que o inglês é uma das línguas mais faladas do mundo a gente já sabe. Mas você sabia que existem diferentes tipos de inglês?

Não se espante, meu caro leitor, se, ao viajar para o Reino Unido, as pronúncias (e até algumas palavras e expressões) sejam diferentes do inglês que você está acostumado a ouvir na sua série favorita (que provavelmente é gravada em algum lugar dos Estados Unidos).

E não para por aí. Não é só na terra da rainha que o inglês é diferente. Isso acontece na Austrália, na Nova Zelândia, na África do Sul e até no Brasil. Chamamos essas diferenças de “accents” (sotaques), e é sobre isso que vamos falar hoje.

O que são? Onde vivem? Como se multiplicam? Vem comigo que vamos descobrir isso juntos!

Como surgem os sotaques?

Viajantes conversando com mochilas nas costas

Você já ouviu que a língua falada é um organismo vivo? Parece uma afirmação esquisita, mas é a pura verdade. A língua se transforma tanto pelo contato com a população local e já falante do idioma quanto pelas influências externas, de imigrantes e – atualmente – da globalização. Por isso, ela vai se adaptando à vida das pessoas, porque todos os dias surgem jeitos diferentes de falar e novas palavras e expressões aparecem para complementar nosso vocabulário.

E o mesmo vale para os sotaques. Você vai perceber que, ao viajar pelo mundo, encontrará várias formas de falar inglês. Alguns sotaques são mais fechados, as pronúncias mudam, as palavras têm até grafias diferentes. A seguir, vamos ver um pouco sobre cada um deles!

Como são os principais sotaques do inglês?

Já explicamos o que são os sotaques e como eles surgiram. E sabemos que eles podem ser uma pedra no sapato de quem está aprendendo inglês e precisa interagir com várias culturas. Por isso, vamos falar um pouquinho sobre alguns dos mais comuns, para ajudar você na hora de se comunicar com o resto do mundo.

Quais as diferenças entre o sotaque americano versus sotaque britânico?

Essa é a comparação de sotaques mais comum, afinal são dois dos principais países falantes da língua.

Há quem considere o sotaque britânico mais sofisticado e rebuscado, especialmente por conta da família real britânica. No dia a dia, pode ser considerado um inglês mais carregado e difícil de entender (especialmente para aqueles que só tiveram contato com o inglês americano).

Mas as diferenças vão bem além na questão do “speaking”. O americano tem sotaque mais puxado e diferentes formas de pronunciar o som das letras “R” e “A”, por exemplo. Já de vocabulário, existe uma lista imensa de palavras diferentes entre os dois idiomas, como “couch” (US) e “sofa” (UK), “elevator” (US) e “lift” (UK) e por aí vai.

Como é o sotaque do inglês canadense?

Apesar da proximidade com os Estados Unidos, o inglês falado no Canadá tem forte influência britânica. Como o inglês não é o único idioma oficial do país, ele tem um quê de francês. Eles também têm uma forma mais quadrada de falar e usam bem menos gírias que os americanos.

Por lá, as pessoas costumam colocar um “eh” no final da frase. Como em “we can go now, eh?”, que seria traduzido para o português como um “nós podemos ir agora, né?”. Sim, bem informal mesmo. Outro detalhe interessante é o “Canadian raising”, em que as pessoas pronunciam ditongos de uma forma mais longa, trocando um “about” por “aboot”, por exemplo.

Como é o sotaque do inglês australiano?

Aqui temos um inglês muito carregado de gírias. Especialmente porque é um dos países falantes da língua inglesa que está mais distante geograficamente. São tantas gírias, com particularidades de região para região, que recomendamos que, se você um dia for para a Austrália, preste bastante atenção ao modo como os moradores locais se comunicam.

Além das gírias, outra característica do país que dificulta bastante a vida dos turistas é que eles não pronunciam todas as letras das palavras. Mas fique tranquilo, os australianos são um povo receptivo e, se você não entender, pode pedir para eles repetirem mais devagar sem problemas. 😉

Como é o sotaque do inglês indiano?

Aqui temos mais um sotaque importado da terra da rainha. Porém, o inglês falado da Índia tem mil e uma particularidades. Por conta da influência do híndi e de diversos dialetos regionais, temos algumas regras gramaticais diferentes, coloquialismos e expressões próprias. Por exemplo, quando os indianos querem saber o nome completo de uma pessoa eles perguntam “what is his/her good name?”. E não estranhe se, ao querer saber as horas, você escute eles questionarem “what is time?”
Em se tratando de pronúncia, este sotaque também tem novidades. Aqui tudo que teria som de “w” tem som de “v”. Por isso, você pode ouvir um indiano dizendo “I vant to drink vater” quando quiser beber água. 😉

Como é o sotaque do inglês escocês?

De todos os sotaques do inglês, talvez o escocês seja o com pronúncias mais diferentes. A influência aqui, além da vizinha Inglaterra, vem também do galego e de uma série de outros idiomas que estão desaparecendo.

Dentro das peculiaridades desse sotaque está o fato de que eles falam tudo meio cantado, com pronúncias específicas das vogais, palavras do inglês antigo e um vocabulário completamente novo. Por exemplo, por lá eles não costumam dizer “yes” e “no”, mas sim “aye” em casos afirmativos, e “nae” para dizer não. Além disso, eles têm o costume de dobrar o “R” quando vão pronunciar palavras como “road” e “right”.

Como é o sotaque sul-africano?

O último dos nossos sotaques possui muita influência de duas línguas muito importantes faladas no continente africano: o zulu e o africâner. Por isso, você verá muito vocabulário desses dois idiomas presente no inglês falado na África do Sul.

Por lá, se quiser chamar seus amigos sul-africanos para um churrasco, você não deve usar “barbecue” e sim “braai”. E aqui não vale dizer depois que foi “very nice”, lá o correto é dizer “bloomin lekker” (muito legal). Ah, e não se assuste se convidarem você para comer “frikkadels”, são só “meatballs” (almôndegas).

Como se acostumar com diferentes sotaques em inglês?

Executivos conversando

Pode parecer mesmo assustador no começo, especialmente para quem acabou de começar a aprender o idioma. A principal dica que podemos dar aqui é que você precisa entrar em contato com esses sotaques. Só assim vai se acostumar com cada um deles.

Mas não precisa ter pressa. Esse é o tipo de coisa que tem que ser feito aos poucos. Comece com um filme de Bollywood para praticar o sotaque indiano. Depois, escolha uma série da BBC para se ouvir mais o sotaque britânico e escocês. E você sempre pode usar os streaming de músicas para conhecer novos artistas canadenses e sul africanos e praticar esses dois sotaques.

E sabe quem vai ajudar também? Os nossos professores!

Outra boa dica para entrar em contato com sotaques é fazer uma aula particular com um de nossos professores especialistas.

Eles são de diferentes lugares do mundo, com variadas experiências de sotaque e com certeza vão ajudar você a dominar diferentes vocabulários e regras do inglês. E o melhor: você pode aprender com eles a hora que quiser, basta agendar uma aula com 24h de antecedência. Eles vão preparar um conteúdo exclusivo para você e alinhado às suas necessidades.

Além disso, aqui na EF English Live você também tem acesso a aulas de conversação em grupo a cada meia hora, com alunos de todas as nacionalidades. Uma ótima forma de praticar.

Tem uma aula de conversação começando daqui a pouco. Que tal entrar em contato com a nossa equipe para fazer sua matrícula? Estamos esperando por você!

Escrito por Nicole Bleidorn.

Moderador EF English Live

A English Live faz parte do grupo Education First e é a maior escola de inglês online do mundo, criada em 1996. São mais de 100 mil alunos só no Brasil.

EF English Live
Últimos posts por EF English Live (exibir todos)