Wanna, gonna, gotta: contrações especiais

Post its com as palavras "gonna", "wanna" e "gotta"

Deve ser difícil achar alguém no Brasil, em pleno século XXI, que diga:

Irei encontrá-lo na estação X.

A norma culta e correta da nossa língua estabelece esse tipo de frase, mas, no dia a dia, o mais fácil seria dizer:

Vou encontrar você na estação X.

Este é o português informal. Toda língua tem seu jeito mais descontraído de falar determinadas frases, expressões e palavras. O mesmo acontece com o inglês que, inclusive, tem um amor desmedido por abreviações e contrações.

Inclusive, algumas dessas contrações são parte primordial na comunicação cotidiana de quem fala inglês – e é aí que entram os heróis desse post: gonna, gotta e wanna.

Essas três palavras são contrações de duas ou mais palavras e são muito utilizadas no cotidiano.

Wanna

A mais fácil de todas, pois é pura e simplesmente a junção de want e to. Wanna é como você falaria want to rapidamente (o famoso “uana”).

I want to live there >> I wanna live there (Eu quero viver lá.) 

You want to be like her >> You wanna be like her (Você quer ser como ela.) 

They want to eat >> They wanna eat (Eles querem comer.) 

Entretanto, na terceira pessoa do singular, pela adição do –s para o presente, não há contração :

He wants to go (Ele quer ir.) 

Gonna

Ao juntar as palavras going e to, você tem gonna. E onde é que going e to aparecem bastante? Na construção do futuro do presente, aquele futuro que, quase com certeza, vai acontecer. Então:

I’m going to go to the movies >> I’m gonna go to the movies. (Eu vou ao cinema.) 

He is going to take me there >> He’s gonna take me there. (Ele vai me levar lá.) 

We are going to change the world >> We’re gonna change the world. (Nós vamos mudar o mundo.) 

Obs.: I’m gonna pode, ainda, ser contraído para I’ma/I’mma/Imma

Gotta

Quase como o gonna, o gotta é um pouco mais complicado. Gotta é got + to, sim, mas ele faz parte da expressão have got to, assim:

I’ve got to go >> I gotta go (Preciso ir.) 

O verbo have (ter) vem junto com o passado de get (conseguir), dando o significado de “precisar” ou “ter”. Em seguida, o to marca o aparecimento de um verbo. É o famoso “tenho que”, “tem que”, “temos que”.

I have got to go to the mall >> I gotta go to the mall. (Eu tenho que ir ao shopping.) 

He has got to pick me up at 11 >> He’s gotta pick me up at 11. (Ele tem que me pegar às 11.) 

They have got to try harder >> They’ve gotta try harder. (Eles precisam se esforçar mais.) 

Se você prestar atenção ao verbo have, ele muda conforme a pessoa normalmente:

I have got to >> I’ve gotta >> I gotta
You have got to >> You’ve gotta >> You gotta
He has got to >> He’s gotta
She has got to >> She’s gotta
It has got to >> It’s gotta
We have got to >> We’ve gotta >> We gotta
They have got to >> They’ve gotta

Gostou? Consegue pensar em mais exemplos de frases do dia a dia em que usamos gonna, gotta e wanna? Abuse dessas frases em nossos comentários!

EF English Live

A English Live faz parte do grupo Education First e é a maior escola de inglês online do mundo, criada em 1996. São mais de 100 mil alunos só no Brasil.

Você também pode gostar desses artigos

44 comments

    1. Olá, Marcel!
      Very good examples, só alguns reminders 🙂
      “Wanna” é igual a “want to”, certo? Assim, depois dele, em geral, temos verbos: I wanna have peace ou I want peace.
      “Gonna” já tem o sentido de “going to”, então, não precisa do “go to”: I’m gonna travel.
      Esperamos que isso ajude!

        1. Sofie, a gente usou “gotta” seguido de “go to” 🙂 Achamos que você se confundiu.

          1. A Sofie está certa, olhem o exemplo que vocês colocaram acima:

            I’m going to go to the movies >> I’m gonna go to the movies. (Eu vou ao cinema.)

            Também fiquei em dúvida com esse gonna seguido de go to.

            Ótimo post!

          2. I wanna eat pizza
            I’m gonna sleep now
            I gotta wake up early today

          3. mesmo lendo as explicações, ainda permaneço na dúvida, de então o porque mesmo utilizando o “gonna = going to”, repete o verbo “go”. literalmente a frase ficaria: eu estou indo ao cinema, no informal: eu vou/irei ao cinema. o gonna já estaria fazendo o indicativo do verbo ir, por que repetir o mesmo verbo, ficou confuso, como se tivesse falando “eu vou IR ao cinema”, sem cortar o verbo da frase. no ingles é obrigatório usar as duas formas do verbo “ir” na frase?

          4. Oi, Fernanda! A opção de “repetir” “go” na expressão “going to + go” não é obrigatória e é uma forma de enfatizar o fato de que você vai ao cinema. Há uma sutil diferença de dizer “I’m going to the cinema” e “I’m going to go to the cinema”, ambas com o mesmo sentido de “Eu estou indo ao cinema”. A primeira dá mais sentido de intenção, e a segunda de atual ação (a pessoa já está no processo de se deslocar).

            E é bom lembrar que “going to” nesse caso não é literalmente no sentido de “ir a algum lugar”, e sim de intenção (vou/planejo fazer tal ação). Por exemplo, I’m going to listen to music (Eu vou escutar música). 🙂

    1. Quase lá, Joseane! As duas primeiras frases estão certinhas, mas a última pede o verbo to be, já que a frase original é “I am going to…”. Ou seja: “I’m gonna sleep…”

      Got it?

  1. I wanna house’s mother
    I am gonna house’s mother
    I’ve gotta house’s mother

    1. Olá, Paulo,
      Está faltando o segundo verbo em suas frases. Poderia ser:
      I wanna go to my mother’s house
      I am gonna go to my mother’s house
      I’ve gotta go to my mother’s house

      Esperamos que isso ajude!

      1. Como saber quando usar o “have” ou não antes do “gotta”, sendo que sem o “have” pode ter o mesmo sentido de “ter que fazer algo”.

        1. Oi, Tiago! A contração “gotta” sempre tem o “have” para o sentido de “ter que fazer algo”. O que você vai ouvir/ler é sua omissão na linguagem informal, mas gramaticalmente falando, ele sempre está presente 🙂

  2. Well well well let’s go!

    – Hi. Do you wanna dance ?

    – Sorry, but I gotta go to home.

    – okay. No problem. I’m gonna take you there.

    Is this dialog correct ?
    Thanks.

  3. I have a question: in Pussycat Doll’s Hush Hush it shows that sentence “I don’t know why you think you gotta hold on me“, but there isn’t the auxiliary “have”. How can you explain it?

    1. Olá, João,
      Quando se usa “gotta”, “have” fica subentendido:
      gotta = have got to
      Esperamos que isso ajude!

  4. Let’s go:

    I gotta wake up early tomorrow, but I wanna no. I prefer wake up at 11pm. However, I’m gonna wake up early tomorrow.

    1. Oi, Juliana!
      Bela frase! só uma observação: a contração só serve para a afirmativa, assim, não podemos usar “wanna no” – seria “I don’t want to”, está bem?

  5. No primeiro exemplo do “Gotta”
    Ao invés de
    “I gotta go to the mall”,
    O correto não seria
    “I’ve gotta go to the mall”?

    1. Saulo, olá!
      Gramaticalmente falando, nenhum dos dois está correto. O que a frase só com “gotta” tem de diferente é que é ainda mais informal.

  6. I think that above comments are very importants for all pupiles in English, because
    expamde yours knowledges, adding ever something.

    1. Indeed, José! 🙂 We would only suggest to write like this: “I think all the comments above are very important for English students. They expand your knowledge and add new bits of information”, or something similar. 🙂

  7. No presente diríamos : I’ve gotta go home now !
    E no passado ? Conjugaria o have no passado ? Exemplo : I’d gotta go home yesterday.
    E eu preciso colocar ” go TO home ” ? ou “go home” está certo

    1. Douglas, olá!
      “Go home” é uma dessas poucas exceções – usamos sem “to” mesmo. Todos os outros lugares exigem too 🙂
      Agora, quanto ao passado, se está falando de algo simples, a menos que tenha que usar a mesma estrutura, sugerimos: I had to go home yesterday.
      Esperamos que isso ajude!

  8. Very good. thank you. you helped me so much.with this post i’m learning about Gonna and Gotta. i’m very happy with your post. thank you so much. i wanna be fluence in english. and you helped me so much. again speaking. THANK YOU :3

  9. Olá teacher,

    É indubitável que todas as formas de adjetivos não se flexionam em número em inglês, diferente do português, que há flexão?
    Por que?
    E a flexão de gênero, existe? Se puder exemplificar, eu agradeceria …

    1. José, olá,
      Flexão de número ou gênero, em inglês, para adjetivos, segundo a norma culta, não existe, a menos que se substantive um adjetivo (e, aí, em geral, saímos da norma culta).
      Existem, todavia, alguns adjetivos que podem ser vistos para homem (handsome, por exemplo) ou para mulher (pretty), mas eles não são flexionáveis.
      Esperamos que isso ajude!

  10. Por que é “They’ve gotta e não they gotta como:
    We”ve gotta – We gotta?

  11. Oi, tenho uma dúvida, vocês disseram que o verbo HAVE muda conforme a pessoa, mas como eu posso saber quando usar ” I have got to “,”I’ve gotta” ou “I gotta”? “You’ve gotta” ou you gotta??? E assim por diante, essa parte me confundiu um pouco, não sei qual deles é o mais adequado.
    Obrigada desde já!

    1. Hello, Viviane! Seguindo seu exemplo, depende muito do contexto, se for numa conversa mais formal, você pode usar o “I have got to”. Já se for numa informal, tanto o “I’ve gotta” quanto o “I gotta”, você pode usar, são apenas contrações diferentes.

  12. So can i use the terms ever that find the following words?

    -Want + to = Wanna
    -Going + to = Gonna
    -Have + Got+ to =Gotta

    Another thing am i use always in mode affirmative the 3?
    At mode negative remains the form original?

    1. “Wanna”, “gonna” e “gotta” estão corretos! Para colocar na forma negativa, você pode usar o “not” ou o “do not”, como por exemplo: “I’m not gonna do that thing” ou “I don’t wanna go to the party”.

Deixe um comentário!

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios