Gramática em inglês: Como usar o Present Perfect

21/05/2013
Tempo de leitura: 3 minutos

Não adianta negar: o Present Perfect para nós, brasileiros, é um bicho de sete cabeças. Ao menos, no começo. Ele fala de um tempo verbal que não tem equivalente em nossa língua portuguesa. Porém, depois que você pega o jeito de usar, percebe que é um tempo muito útil. E nem precisa ser tão difícil assim.

A estrutura, muitos já conhecem:

have/has + verbo no particípio

Para ajudar você a entender o Present Perfect, vamos mostrar as situações em que ele é usado.

Como usar o Present Perfect

1 – Algo que começou no passado e ainda é verdade no presente

• Você trabalha ou estuda no mesmo lugar há algum tempo? Então, é algo que começou no passado e ainda é verdade no presente, certo? Esta é a 1ª situação ideal para o Present Perfect:

I have worked at English Live since 2007. (Trabalho na English Live desde 2007).

• O mesmo vale para algo que começou no passado e ainda não terminou, conforme esperávamos que tivesse terminado:

It hasn’t stopped raining yet and the kids haven’t finished their homework! (Não parou de chover ainda e as crianças não terminaram a lição de casa!)

• Existem processos que acontecem com o decorrer do tempo. Você não sabe quando a mudança começou, mas constata, quando fala, que ela ainda está em progresso ou que seus resultados ainda são visíveis, ainda têm efeito no presente. Como crescer – aposto que, um dia, você já ouviu sua tia dizer:

You have grown so much since the last time I saw you! (Você cresceu tanto desde a última vez que eu o vi!).

• Quando você está no meio de um acontecimento ou processo, como uma semana difícil no trabalho:

I have had seven meetings this week (Tive sete reuniões esta semana.)

E o fato de eu ter usado o Present Perfect aqui indica que este processo ainda não terminou, ou seja, que eu ainda vou ter mais reuniões antes de a semana acabar).

2 – Já aconteceu, mas não importa quando

• Você já teve um momento inesquecível ou uma experiência marcante na sua vida? Você pode falar sobre isso sem mencionar o dia exato em que aconteceu, porque o importante é que aconteceu e não quando. Então, pode usar o Present Perfect:

My family has been to London. (Minha família já esteve em Londres.)

(Uma vez na vida, não importa quando, mas foi uma experiência única, que marcou).

• Se você quiser perguntar se alguém já fez algo na vida, independente do momento em que fez, pode usar o Present Perfect. Não importa se o ato é marcante ou não, desde que ainda tenha algum efeito na vida da pessoa. O conceito é que já aconteceu na vida da pessoa, a vida da pessoa ainda não acabou (portanto, não é passado). E, novamente, não importa exatamente quando. Esse uso se aplica também em ações que acabaram de acontecer, mas que são tão recentes e têm efeitos tão claros, que a mantemos no Present Perfect. Por exemplo:

Have you seen the new movie? (Você já viu o novo filme?)

(Quero saber se você já viu, não me importa quando).

Entendeu? Está menos complicado agora? Espero que sim! Porém, só para ter certeza de que você pode usar este tempo verbal sem medo de ser feliz quando for falar inglês, veja duas dicas extras…


Present Perfect: quando NÃO usar

a) Não use com datas dizendo quando aconteceu. Veja a diferença:

Present Perfect: My family has been to London.
Simple Past: My family traveled to London in 2005. (Minha família viajou para Londres em 2005.)

b) Não use com ações definitivas e pontuais, como nascer ou morrer.

Present perfect pode ser usado com viver: They have lived a long, happy life. (Eles viveram uma longa vida feliz.)

Nascer, que é algo pontual, tem um momento exato, fica com o simple past: Her child was born yesterday. (O filho dela nasceu ontem.)


Diferenças entre simple past, past perfect e present perfect

A principal diferença, além do formato, claro, é a mensagem ou ênfase que se quer passar.

No simple past, a ação começou e encerrou no passado. É algo que tem data, que tem um momento específico e que, em geral, não tem mais influência no presente.

Com o present perfect, a ação não pode ter data específica, o “quando” exatamente não importa. Essa ação não se encerra completamente no passado, ou seja, ainda tem alguma influência no presente ou pode efetivamente ainda estar em curso.

Já o past perfect se refere a uma ação do passado (num momento especificado ou não) que terminou antes de outra ação no passado ou antes de um momento específico no passado.

Vamos organizar essa informação num quadro?

COMO É?PRESENT PERFECTSIMPLE PASTPAST PERFECT
FormaHave/has + verbo no past participle
Verbo Regular: +ed
Verbo Irregular: varia
Had + verbo no past participle
FocoA ação ainda está em curso: ou ainda está de fato acontecendo, ou tem, ao menos, alguma influência no presente.A ação está completamente no passado, aconteceu num ponto específico do tempo (como yesterday, last month, one year ago…) e, em geral, está encerrada.A ação é anterior a outra ação, também no passado. Acaba sendo sequencial
Tempo da açãoSe o período citado não tiver terminado ou se não houver período, use o present perfect.
I’ve watched a lot of good movies this year. (Vi/Andei vendo muitos filmes bons este ano.)
Lembrete: O present perfect não pode ser usado com períodos específicos e encerrados do passado.
Se você quiser especificar quando aconteceu, precisa usar o simple past. A ação está claramente terminada:
I saw a good movie on Saturday. (Vi um filme bom no sábado)
Ação do passado (num momento especificado ou não) que terminou antes de outra ação no passado ou antes de um momento específico no passado, sendo que o primeiro momento costuma ser indicado pelo simple past:
When the kids got home, I had already prepared the dinner. (Quando as crianças chegaram em casa, eu já tinha preparado o jantar.)
Resultado da açãoSe a ação ainda tiver resultados ou influência no presente, use o present perfect.
I‘ve lost my keys and I can’t find them anywhere! (Perdi minhas chaves e não encontro em lugar nenhum)
Se a ação não tiver resultados ou influência no presente, use o simple past.
I lost my keys, but I found them later. (Perdi minhas chaves, mas achei depois)
Se a ação não apenas estiver completamente isolada no passado, mas formar uma sequência com uma posterior, use o past perfect.
When I got home, I realized I had lost my keys at the party. (Quando cheguei em casa, percebi que tinha perdido minhas chaves na festa)
 

PRESENT PERFECT X SIMPLE PAST

Imagine a situação: você acabou de chegar em casa depois de um longo dia e quer dizer que fez muito hoje. Qual seria a diferença entre usar o simple past e o present perfect?

Simple past: I did so many things today!

Você usa o simple past se quiser dizer que fez muito hoje e não vai fazer mais nada. O foco aqui é no fato de o dia estar encerrado. Você coloca a ação completamente no passado. Provavelmente, vai chegar em casa e dormir.
dormindo

Present perfect: I have done so many things today!

Vanessa Spirandeo

Trabalho com conteúdo e interação na English Live desde 2010. Sou apaixonada por idiomas e cultura desde sempre, amo ler, escrever, aprender e poder compartilhar. Edito este blog com muito orgulho e carinho (piegas, eu sei, mas é verdade!).
Vanessa Spirandeo