Regra de inglês: sanduíche “consoante + vogal + consoante”

Sanduíche

Se você estuda inglês, já ouviu falar alguma vez na vida de palavras que terminam em “consoante + vogal + consoante” (ou CVC). Essas terminações têm uma regra meio coringa: ao modificar uma palavra assim, a última consoante deve ser duplicada.

Como a regra é usada em mais de uma situação, muita gente se confunde. Então, vamos começar pelas três situações em que ela é usada:

  • Verbos regulares no passado

  • Verbos em sua forma com ing

  • Adjetivos curtos na forma comparativa ou superlativa

Então, basicamente, quando formos conjugar um verbo regular que termina com CVC no passado ou com ing, dobramos a última consoante. Fazemos a mesma coisa com adjetivos no comparativo e no superlativo.

Aí, você pergunta: É só fazer isso sempre que está certo?
Mais ou menos. Tem algumas condições. Veja:

1. A terminação precisa ser CVC

Tá, a gente admite, essa parece óbvia, mas é sempre bom reforçar. O verbo ou adjetivo precisa terminar em consoante + vogal + consoante.
STOP
Simple past: stopped
Verbo com ing: stopping
BIG
Adjetivo – comparativo: bigger
Adjetivo – superlativo: biggest

2. A última sílaba tem que ser tônica

Essa regra só vale para os verbos de mais de uma sílaba, porque os de sílaba única seguem todos a primeira condição já, e os adjetivos comparativos ou superlativos de mais de uma sílaba não ganham terminação, mas “more” ou “most”, lembram? Para saber se a sílaba final é a tônica, repare na última vogal, no meio do sanduíche. A pronúncia dela precisa ser mais enfatizada do que a primeira.
PREFER
Simple past: preferred
Verbo com ing: preferring

Exemplos de verbos que terminam em CVC, mas não têm a última sílaba tônica: open (opened, opening), visit (visited, visiting).

Importante: Verbos terminados com X são exceção – o “X” nunca é dobrado: relax – relaxed.

3. Em inglês britânico, todo verbo terminado em consoante + vogal + “L” entra no jogo

Isso significa que, na terra da Rainha, mesmo que o verbo não termine em sílaba tônica, se terminar em “L”, a gente dobra essa consoante.
TRAVEL
Simple past: UK – travelled / USA – traveled
Com ing: UK – travelling / USA – traveling
EQUAL
Simple past: UK – equalled / USA – equaled
Com ing: UK – equalling / USA – equaling

Percebeu as diferenças?

Esperamos que essa regra tão usada fique mais clara para você agora. Que tal treinar nos comentários e deixar seu exemplo de palavra com “CVC”?

Que tal aproveitar e conferir outros posts no blog?

Verbos em inglês para falar de esportes: play, do ou go?
Agradecer: como dizer ‘obrigado’ em inglês
Guia sobre adjetivos em inglês

EF English Live

A English Live faz parte do grupo Education First e é a maior escola de inglês online do mundo, criada em 1996. São mais de 100 mil alunos só no Brasil.

Você também pode gostar desses artigos

14 comments

    1. Os exemplos de Felipe Jesus de 01/12/2017 são consideráveis. Consegui esclarecer uma dúvida, porque o que ele
      publicou não foi contestado. Thank you!

    1. Marcus, muito bem observado! Palavras terminadas em X são exceção. Vamos acrescentar isso ao post, thank you!

    1. Palavras com dois w seguidos seguem a mesma regra de x, y e z. Você até encontra algumas palavras com essas letras dobradas, mas não são de uso comum, portanto, a regra diz que não são dobradas!

    1. Oi, Ivih! Isso porque “w” é considerada uma semivogal. Isto é, uma consoante com som de vogal. Este é o caso para “w” e “y” 🙂

  1. O artigo/aula whatever é muito oportuno e interessante. Fiquei com uma dúvida. Quando saber se a palavra é do Inglês britânico ? Ou só as terminadas em L são diferentes no Inglês americano ?

Deixe um comentário!

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios