tempo passado - was were

Qual a diferença entre WAS e WERE?

01/10/2018
Tempo de leitura: 1 minuto

Para quem já aprendeu, parece meio óbvio, mas, para quem está começando, nem tanto. Então, vamos falar exclusivamente dessas duas conjugações do verbo to be no passado para esclarecer essa dúvida: a diferença entre was e were.

O verbo to be, no presente e no passado, é “conjugado” – ou seja, ele muda de pessoa para pessoa. Porém, diferente do português e outras línguas latinas, o inglês não tem regras para essa flexão de verbos de acordo com o sujeito. Falando exclusivamente do passado, fica assim:

PESSOAVERBO TO BE NO PASSADOEXEMPLO
IwasLast year, I was in California.
youwereYesterday, you were with her.
he/she/itwasShe was here, and he was out.
wewereWe were going out, but the plans changed.
youwereYou two were up to something.
theywereThey were worried about us.

Em resumo…

    …usamos WAS com:
  • I: I was here yesterday (Eu estava aqui ontem).
  • he: She said he was happy (Ela disse que ele estava feliz).
  • she: I think Ana was running (Acho que a Ana estava correndo).
  • it: The dog was digging again! (O cachorro estava cavando de novo!)
  • …usamos WERE com:
  • you (você, singular) : Bob, you were at school, right? (Bob, você estava na escola, certo?)
  • you (vocês, plural): You and your sister were wrong (Você e sua irmã estavam erradas).
  • we: Last month, we were very busy (Mês passado, nós estávamos muito ocupados).
  • they: You believe they were away (Você acredita que eles estavam longe/fora).



Ficou mais claro? Tente completar as frases abaixo com WAS ou WERE para se testar:

Compartilhe esse quiz para mostrar seus resultados !


Apenas nos diga quem você é para ver o resultado!

Was ou were? Acertei %%score%% de %%total%%

Compartilhe seus resultados



Agora que já praticou, que tal deixar um exemplo na área de comentários? 💖

 
Vanessa Spirandeo

Vanessa Spirandeo

Trabalho com conteúdo e interação na English Live desde 2010. Sou apaixonada por idiomas e cultura desde sempre, amo ler, escrever, aprender e poder compartilhar. Edito este blog com muito orgulho e carinho (piegas, eu sei, mas é verdade!).
Vanessa Spirandeo