Palavras em inglês que confundem: dessert & desert

“Dessert” e “desert” são duas palavras escritas e pronunciadas de maneiras diferentes, mas são confundidas com muita facilidade. Então, vejamos cada uma dessas palavras separadamente e depois as dicas de como lembrar qual é qual.

Dessert (substantivo)
A “dessert” é um doce servido normalmente depois de uma refeição. Pode ser um bolo, pudim, chocolate, biscoitos ou uma fruta (veja algumas frutas em inglês aqui). A pronúncia é /dɪˈzɜː(r)t/.

Desert

(substantivo)
Usado para descrever uma área extensa, que pode ser quente e com areia, ou muito fria e de gelo. Essas regiões possuem pouca vegetação e animais, pois são poucas as condições de sobrevivência e adaptação. O exemplo mais famoso é o “Sahara Desert” (Deserto do Saara). A pronúncia desse substantivo é um pouco diferente: /ˈdezə(r)t/.

Desert

(verbo)
Quando uma pessoa fala sobre “being deserted”, ela está querendo dizer que foi abandonada por alguém. Um sinônimo é justamente “to abandon”. Ela significa também abandonar um cargo ou posto, deixar o serviço militar, sem licença, sem intenção de voltar. A pronúncia correta é /dɪˈzɜː(r)t/.

Perceba que a principal diferença entre essas palavras é a quantidade de “s” no meio. Uma maneira fácil de lembrar é: se a palavra que você quer usar é “sweet” ou “savory”, então serão dois “s”.

Um outro jeito fácil de lembrar é associar cada uma delas com alguma outra palavra. Por exemplo, strawberry shortcake” (bolo de morango) é uma “dessert” (sobremesa). Perceba que são dois “s” no nome do doce. E, Sahara é um “desert”. Atente-se ao único “s”.

Uma “dessert” famosa nos EUA é a “apple pie” (torta de maçã). Qual é sua “dessert” favorita?

Escrito por Kelly Dawar.

Kelly D

Nasci na Índia, mas quando eu tinha 3 anos, minha família e eu nos mudamos para os EUA.

Me formei em Relações Internacionais e me mudei para Londres por um ano para tirar meu certificado CELTA. Também tenho mestrado em Direito Corporativo. Hoje, dou aulas de inglês para alunos do mundo todo e adoro isso.

Você também pode gostar desses artigos

Deixe um comentário!

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios