Educação à mesa num jantar com gringos

10/05/2016

Você já foi convidado para comer na casa de alguém? É sempre um pouco intimidador fazer isso pela primeira vez, né? Você não conhece os hábitos da casa, fica meio em dúvida sobre como se portar. Para ajudar você a saber como agir quando isso acontecer no exterior, vamos dar umas dicas do que é considerado boas maneiras fora do nosso país.

Se você for convidado para comer na casa de alguém nos EUA, no Canadá ou no Reino Unido, é de bom tom chegar com um mimo, como flores ou uma caixa de bombons. Só não espere que esses bombons sejam a sobremesa. E, se for no Quebec, mande as flores antes.

Já se a boca livre for na Austrália, não é tão comum levar presentes para o anfitrião ou a anfitriã, mas ofereça-se para ajudar tanto no preparo antes quanto na limpeza depois. Em geral, esses convites são para barbies (barbecues ou churrascos em português). Veja se é preciso levar seu próprio wine (vinho) ou beer (cerveja) e se deve levar algum dish (prato).

Em nenhum desses países é bom atrasar muito. Na realidade, nos EUA e no Reino Unido, esperam que você seja um convidado bem pontual. Ao chegar, os greetings (cumprimentos) mais comuns são os handshakes (apertos de mão). Um smile (sorriso) ajuda.

Num jantar nos EUA, é o anfitrião que dita quando sentar à mesa. Se ele senta, você senta. Se ele começa a comer, você começa também. O guardanapo de pano fica no seu colo o tempo todo, e os talheres, após serem usados, devem ser descansados no prato.

Falando em talheres, existem duas formas de usá-los:

American Style: Knife (faca) na mão direita para cortar ou espalhar algo, fork (garfo) na mão esquerda. Depois de cortar a comida, você repousa a faca no prato, com a lâmina para dentro, e usa o garfo com a mão direita (a menos que seja canhoto). Cotovelos sempre fora da mesa! Ao terminar de comer, você coloca garfo e faca lado a lado em cima do prato.

Continental/European Style: Knife (faca) na mão direita e fork (garfo) na mão esquerda o tempo todo. A diferença é que não se trocam os talheres de mão e nem se coloca a faca em descanso. A menos que você vá beber. Aí, você descansa garfo e faca, cruzando-os no prato.

Pelo nome, você já consegue imaginar qual é usado em cada país, certo? Na Austrália e no Reino Unido, usam o jeito Continental e esperam ver suas mãos em cima da mesa o tempo todo. Nos EUA, ninguém se ofende se você comer de forma continental. Porém, se a família dona da casa for say a prayer (fazer uma oração) antes de comer, você precisa estar junto, nem que seja em silêncio.

Outra coisa tranquila de fazer num jantar americano ou canadense, ao contrário do que acontece por aqui, é recusar uma comida ou bebida sem ter que ficar se explicando. É claro que você não precisa ser grosseiro também ao recusar.

No Reino Unido, se o convite for para um tea (chá), atenção, que essa bebida exige diversos rituais por lá: o chá fica “curtindo” na água quente entre 3 e 4 minutos e é sempre servido com cold milk (leite frio). Ao mexer o chá, não bata sua spoon (colher) na cup (xícara). Ao final, não deixe o saquinho de chá na xícara.

Outra tradição por lá é o pub, que também tem manners à parte: em geral, quem convida para o pub ou o restaurante é quem paga. E isso não se discute! Você retribui a gentileza na próxima. Mas sempre pode se oferecer no pub para pagar uma rodada de bebidas!

PS – conheça o vocabulário para falar da hora de comer em inglês.

Vanessa Spirandeo

Trabalho com conteúdo e interação na English Live desde 2010. Sou apaixonada por idiomas e cultura desde sempre, amo ler, escrever, aprender e poder compartilhar. Edito este blog com muito orgulho e carinho (piegas, eu sei, mas é verdade!).
Vanessa Spirandeo