strength-through-diversity

Força através da diversidade: aprender inglês une a equipe EF Pro Cycling

02/03/2020

Em 2018, a EF Education First, líder mundial em educação internacional, entrou para o mundo do ciclismo profissional ao adquirir uma equipe participante da UCI WorldTour, agora conhecida como EF Education First. Com uma forte presença global em mais de 100 países, a EF acredita que explorar é uma forma de educação que transforma, e que quanto mais conhecemos novos lugares, mais somos capazes de crescer como indivíduos e se conectar com outras pessoas.

O Tour de France, competição de ciclismo mais famosa do mundo, ocorreu em julho do ano passado com 22 equipes em 34 cidades. Como uma empresa que trabalha em 114 países ao redor do mundo, não é surpresa que a equipe EF Pro Cycling seja tão diversa quanto: são 30 ciclistas representando 17 nacionalidades diferentes. A missão da EF sempre foi oferecer oportunidades para pessoas de todas as idades de se unirem e conectarem com outras do mundo todo. E, assim como explorar o mundo, o ciclismo une pessoas de diferentes origens para, juntas, alcançarem grandes coisas.

Conversamos com o competidor da EF Education First Pro Cycling na CG (Classificação Geral, categoria mais rápida em corridas de ciclismo), Rigoberto Uran, que ficou em segundo lugar no Tour de France de 2017, sobre sua opinião a respeito de comunicação e liderança neste grupo internacional, e paralelos com o mundo dos negócios.

Uma boa comunicação é a chave do sucesso 

Como a maioria das organizações internacionais formadas por pessoas talentosas do mundo todo, a equipe da EF usa o inglês como idioma principal.

“A comunicação é super importante. Estamos no Tour de France com 8 atletas, 8 nacionalidades diferentes, e tudo é feito em inglês. Como planejamos a etapa, buscando ataques no pelotão, como se defender e muito mais. É uma mensagem para toda a equipe e não apenas para os atletas. Todos precisam ter as mesmas informações.”

Impulsionar o sucesso de um ciclista no Tour é um estudo de caso sobre trabalho em equipe. Todos os mais de 40 membros da equipe têm um papel importante:

“É realmente uma empresa. Para mim, todo mundo é muito importante. Os ciclistas são muito importantes, mas os mecânicos também, que consertam e preparam nossas bicicletas. Os massagistas, chefs e treinadores, os diretores – todos são importantes. Sem eles, seria impossível competir no Tour de France.”

Atualmente, Rigo é empresário e atleta, então sabe sobre conquistas dentro e fora da estrada. A ética de equipe instigada pelo ciclismo agora se manifesta na sala de reuniões:

“Em uma empresa, você precisa trabalhar em equipe. Cada um quer mostrar seus resultados, mas todos trabalham para a mesma empresa e devem colaborar para o mesmo objetivo final. Acontece o mesmo no ciclismo: vemos alguém chegar ao pódio, mas ele está lá graças à equipe por trás que estava fazendo de tudo para que isso acontecesse.”

Strength-through-diversity-Learning-English-unites-the-EF-Pro-cycling-team

Então, qual é o estilo de liderança de Rigo dentro e fora do ciclismo?

“Um líder precisa demonstrar respeito pelos colegas de equipe e o trabalho que fazem e, em momentos de glória ou de pânico, é importante ter a cabeça fria e não se preocupar muito com as pequenas perdas e vitórias.”

E as principais frases em inglês de Rigo ao coordenar a equipe na estrada? São como o próprio colombiano – descontraídas na medida certa:

“Guys, stay calm… no stress at the moment…keep going, keep going…”
(“Pessoal, fiquem calmos… sem estresse agora… continuem, continuem…”)

Equipe diversificada, equipe mais bem-sucedida

Como demonstraram vários estudos no mundo dos negócios, uma equipe diversificada é uma equipe mais bem-sucedida. Para ganhar um grand tour, você precisa de uma gama diversificada de talentos e ideias:

“Cada um tem sua especialidade. Alguns são realmente bons nas etapas planas, outros nas montanhosas, mas o mais importante é a vitória para a equipe.”

“O líder precisa fornecer boas informações, mas também saber ouvir, porque vários ciclistas podem ter informações melhores do que só um; todo mundo tem voz e todas as vozes são importantes”.

O sucesso contínuo requer uma cultura de inovação e melhoria constante de todas atividades da organização, como um “kaizen” esportivo:

“Acredito que todas as empresas são como equipes de ciclismo. Procuramos ser mais rápidos todos os dias, por isso estudamos a aerodinâmica, nossas roupas, os materiais da bicicleta, métodos de treinamento… estamos em constante desenvolvimento. Você precisa evoluir. Se permanecer no passado, perderá o ano, porque esses métodos não funcionam mais agora.”

Como em todas as equipes de ciclismo, os ciclistas estão dispersos ao redor do mundo e muitos passam um tempo considerável treinando sozinhos onde moram. Isso apenas aumenta a necessidade de uma comunicação digital eficaz em inglês entre eles, os treinadores e outros membros.

Felizmente, Rigo conseguiu melhorar o inglês e o condicionamento físico treinando em sua residência na Colômbia, com o curso de inglês online da EF. 

“Estou muito feliz porque posso levar o curso comigo para qualquer lugar, seja no computador, celular ou tablet. Quando estou treinando em casa, é muito bom porque posso me conectar a qualquer momento, é divertido e fácil encontrar bons professores, e você pode se conectar com pessoas de vários países, tudo em uma só sala de aula.”

Este artigo foi publicado originalmente no Blog de Treinamento Corporativo da EF. Saiba mais clicando aqui

Moderador EF English Live

A English Live faz parte do grupo Education First e é a maior escola de inglês online do mundo, criada em 1996. São mais de 100 mil alunos só no Brasil.

EF English Live