Falando de desastres naturais em inglês

Incêndio florestal

Parece que, hoje, as pessoas estão mais atentas ao que é (ou não) ecologicamente correto. Isso porque nossas escolhas têm impacto direto na natureza e nos natural disasters (desastres naturais em inglês). Já falamos de ecologia e meio ambiente em inglês e, hoje, vamos falar um pouco desses desastres.

A maioria dos natural disasters acontece por conta de severe weather (condições climáticas extremas). É o caso de thunderstorms (tempestades de raios), que trazem damaging winds (ventos que causam estrago).

Outro desastre causado pela weather são os tornadoes (tornados). Aliás, eles costumam se formar em associação com as thunderstorms, em função do vento. Falando nisso, você conhece a diferença entre tornado e hurricane (furacão)? A mais significativa é que, apesar de ambos serem espirais de ventos fortíssimos, o tornado dura entre minutos e horas e afeta regiões menores, enquanto o hurricane pode durar dias e causa um estrago muito maior numa área igualmente maior.

Uma flood (enchente ou cheia) também é um desastre perigoso. Curiosamente, o oposto é igualmente catastrófico: a drought (seca). Ambas as situações podem ser comuns em determinadas regiões, como podem ser resultados das climate changes (mudanças climáticas). Essas mudanças também podem causar extreme heat (calor excessivo) – culpa do global warming (aquecimento global).

Um desastre natural que tem a própria natureza como primeira vítima são os wildfires (incêndios florestais). Esse tipo de fire inclui todo o fogo sem controle que destrói qualquer forma de vegetação. O calor excessivo das mudanças climáticas pode causar esse tipo de desastre, porém ele também pode ser causado por descuido humano.

Os earthquakes (terremotos), a princípio, ocorrem independente das climate changes. Quando eles atingem grandes áreas do mar de forma repentina, podem causar tsunamis. Um tsunami também pode ser resultado de grandes volcanic eruptions (erupções vulcânicas) ou de underwater landslide (deslizamento de terra submarino).

Nossa, quanto desastre, não? E todos, sem dúvida, muito tristes. Você saberia o que fazer se encarasse algum deles?

Escrito por Vanessa Spirandeo.

Vanessa Spirandeo

Trabajo con contenido e interacción en EF English Live desde 2010. Me encantan los idiomas y la cultura, leer, escribir, aprender y compartir.

Você também pode gostar desses artigos

6 comments

  1. Bom artigo…como eu poderia perguntar a magnetude, a proporção etc de um terremoto?
    Poderia dizer que foi forte, fraco?

    1. Olá, Mauricio,
      Você pode perguntar de mais de uma maneira:
      “How strong was the earthquake?”
      “What was the magnitude of the earthquake?”

      E a resposta pode ser com Richter ou com a palavra magnitude mesmo:
      “7.9 on the Ritcher scale.”
      “It was a 7.0 magnitude earthquake.”

      Também, como você mencionou, poderia, sim, dizer, “strong” ou “weak”.

      Esperamos que isso ajude!

  2. Eu estou lendo artigo sobre mudanças climáticas e ele usam bastante “range shift” . Qual o significado ?

    1. Olá, Bruna, tudo bem?
      “Range” é uma escala, o alcance de algo. “Shift” tem a ver com mudança. Acreditamos que o termo “range shift” esteja se referindo ao que chamamos de “deslocamento” – usado para falar do deslocamento polar, por exemplo. Existem vários tipos de deslocamento causados por mudanças climáticas, todos são colocados na escala de “range shift”. Se tiver mais contexto para nos passar, podemos debater melhor. O que acha?

Deixe um comentário!

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios