Diferentes maneiras de pedir uma cerveja em inglês

A cerveja é uma bebida típica de diversos países, tais como a Irlanda, Alemanha e também o Brasil. Agora, se você estiver em um desses países, saberia pedir uma cerveja em inglês? Descubra quais são as diferentes “beers” e as maneiras de pedir uma em qualquer bar pelo mundo.

Para começar, ao entrar em um bar, você pode pedir a cerveja da maneira convencional: “Can I have a beer?” O garçom irá trazer uma “bottle”, ou seja, uma garrafa da cerveja escolhida. E, na hora de servir, você pode dizer “without the head, please”. Entende o que significa? É algo como “sem colarinho, por favor”, o que depende do gosto do freguês.

Não gosta da cerveja comum? Não tem problema. Você também pode pedir uma “dark beer”, a “cerveja escura”, ou mesmo uma “black beer”, que, para quem entende, é a “cerveja preta”, diferente da “dark”. E, para completar, a cerveja comum, aquela amarela, é chamada de “blond” (loira).

Existem as cervejas que são “home-brewed” (feitas em casa), as cervejas com “low alcohol”, ou seja, baixo teor alcoólico, e aquelas para quem vai dirigir, por exemplo, que não têm álcool algum, as “alcohol-free”.

Assim como no Brasil, você também pode pedir uma cerveja estupidamente gelada, com a expressão “ice-cold beer”, ou convidar alguém para uma “gelada” dizendo “Let’s have a cold one”.

Use o “Let’s…” e convide alguém, acrescentando expressões como: “have a beer”, “go for a beer”, “grab a beer” ou apenas “drink a beer”. Todas se resumem em: quero beber uma cerveja e gostaria de você como companhia.

 

Escrito por Sarah Oliveira

Sarah Oliveira

A Sarah é estudante de Letras pela Universidade de São Paulo e assistente de conteúdo da EF Englishtown. Seu interesse por inglês vem desde criança, quando escolhia assistir aos filmes legendados para aprender palavras e expressões novas.
Decidiu estudar Letras, pois é fascinada pela cultura britânica, americana e mundial, e nada melhor do que o inglês para ter um contato profundo com diferentes literaturas e artes.

Você também pode gostar desses artigos

Deixe um comentário!

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios