planejando o sucesso como criar um programa de estudos

Como criar um programa de estudos

01/12/2014

Aprender uma nova língua pode ser jogo duro. Assim como a construção de vocabulário, gramática e fluência exigem esforço, a escrita e a prática oral também precisam de atenção. Então, antes de você cair de cabeça em um novo curso de inglês, é interessante criar um programa de estudos para auxiliar em seus objetivos e para que você consiga administrar precisamente seu tempo.

 

O que é um programa de estudos?

É simples. Um programa de estudos é um planejamento antecipado que esboça seu tempo de estudo e seus objetivos ao longo do aprendizado – dia a dia, semana a semana. Para aqueles que estudam online, é uma ferramenta muito valiosa, pois ajuda a organizar o tempo de acordo com seus horários de trabalhos e de outras atividades. Na English Live, oferecemos um plano de estudos para os alunos para ajudar.

Quais são os benefícios?

Estabelecer um programa de estudos ajuda na organização de seu progresso. Seguir um programa de estudos possibilita a se concentrar melhor, a reter melhor as lições aprendidas, e a atingir metas de aprendizado, auxiliando a visualizar seu progresso ao longo do tempo e a manter a motivação.

 

Criando um programa

Passo nº 1 – Pense à frente

Se você quer maximizar a efetividade do tempo de estudos que estabeleceu, precisa pensar sobre o porquê de estar estudando. Identifique exatamente quais são suas metas de aprendizado para cada sessão de estudos ou para cada bloco de lições. Uma vez que você souber quais são suas metas, pode criar um plano que vai ajudar a atingir esses objetivos. Você deve se lembrar de levar em conta quaisquer testes que pode ter que realizar, assim como quaisquer projetos que acha que vão tomar mais do seu tempo.

Passo nº 2 – Seja realista

Não faz sentido se programar para um plano de estudos excessivo, já dissemos isso nos Mandamentos para Aprender Inglês. Se você separar seis horas diretas de estudo, sem intervalos, você mais cedo ou mais tarde vai acabar falhando em seus objetivos. Leve em consideração também as coisas que acontecem fora do horário de estudo. Você vai mesmo se sentir disposto para estudar quatro horas após fazer hora extra na empresa ou depois de um treino cansativo na academia? Encaixe seus estudos dentro do seu planejamento diário de forma realista.

Passo nº 3 – Faça seu planejamento de estudos

Com consciência de quanto tempo livre você tem, é hora de agendar em seu calendário algumas tarefas específicas, como, por exemplo, vocabulário em um dia, prática oral em outro, etc. Manter um programa de estudos variado vai ajudar a manter o ritmo e o interesse, e se organizar vai garantir que você abranja todas as áreas de interesse de seu curso.

Passo nº 4 – Descanse

Estudar por horas seguidas não é uma maneira eficiente de aprender. Na verdade, guardamos melhor as informações no começo da sessão de estudos e no final. Tente estudar em períodos de 20 a 40 minutos, com pequenas pausas dentro desse tempo. Isso vai ajudar a pensar sobre o que você acabou de aprender, além de permitir que você se alongue, faça um lanchinho e beba um pouco de água.

Passo nº 5 – Invista nos aplicativos

Programas de estudos escritos a lápis e em papel são ótimos. Mas, nos tempos atuais, há um mundo de apps (aplicativos) para smartphones e tablets em que você vai achar diversas ferramentas de estudos que podem ajudar a criar um excelente programa. Apps como My Study Plan, MyStudyLife e iStudiez podem ajudar. Dê uma chance a esses artifícios e veja qual funciona melhor com você.


Você tem alguma dica de programa de estudos que ajudaram você em seus cursos de línguas? Divida com a gente nos comentários!

Bruno Lopes

Formado em Letras na Universidade de São Paulo, apaixonado pelas culturas de origem inglesa e suas manifestações. Acredito que a língua inglesa é um dos grandes instrumentos educacionais e sociais atuais. Viajar o mundo, vivenciar outras culturas e aprender outras línguas são sonhos a caminho de serem realizados.
Bruno Lopes