Aprenda a falar inglês usando ‘fillers’

Para garantir que seu inglês não seja repetitivo, aconselhamos que você use o que chamamos de marcadores de discurso ou “fillers” ao falar. Os “fillers” são palavras ou sons que servem para “preencher” o discurso, como “basically”, “well” e “hmm”. Eles podem agregar algum significado à conversa ou não.

Todos nós usamos esses “fillers” para preencher o silêncio ou mesmo para ter tempo de pensar antes de falar. É algo normal na maioria das línguas, mas, se usarmos o mesmo “filler” com muita frequência, começamos a ficar repetitivos e cansativos.

Um jeito de melhorar sua fala e variar os marcadores de discurso é prestar atenção quando estiver conversando. É comum ter algumas manias que você mesmo não consegue perceber. Quando parei para prestar atenção ao meu discurso, percebi que usava muito “so”, então, comecei a me vigiar e buscar alternativas. Você pode fazer o mesmo e usar algumas dessas outras opções. Ao invés de ficar repetindo “I mean…” (Quer dizer…), tente usar “What I’m trying to say is… (O que estou tentando dizer é…), “My point is…” (Meu ponto é…) ou mesmo “What I’m getting at is…” (O que estou dizendo é…).

Um outro marcador de discurso muito usado é o “of course” (Claro/ com certeza) e, nesse caso, use como alternativa “Obviously…” (Obviamente…) ou “It’s clear that…” (É/Está claro que…). Vale relembrar que você só deve usar essas expressões caso o que você vá dizer seja “óbvio” para quem está ouvindo, de outra forma parecerá arrogante.

Caso você use muito “err”, troque por “now” (agora), “so” (então) ou “well” (bem).

E um outro marcador muito usado por falantes nativos, principalmente os mais novos, é o “like” (é o “tipo”, em português). O uso constante de “like” é incômodo, então evite repetições. Ao invés dele, use pausas e tente falar “like” apenas quando for necessário na frase, deixando seu inglês mais sofisticado.

Agora que você conhece algumas opções para não ficar repetindo sempre os mesmos marcadores, tente perceber quando estiver exagerando com uma expressão ou outra. Além de mostrar maior fluência na língua, você amplia seu vocabulário e ainda se comunica melhor.

Escrito por Wil Procter.

Wil

Wil é escritor, professor, tecnólogo em formação e adora aprender idiomas. Ele ensina inglês em salas tradicionais e online há 10 anos, já treinou outros professores para usarem a sala de aula virtual e a tecnologia online, já escreveu material sobre e-learning para diversos sites.

Ele fala quatro idiomas e está procurando mais um para aprender.

Você também pode gostar desses artigos

Deixe um comentário!

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios