Further ou farther? Qual utilizar?

Mulher usando binóculos para ver coisas à distância

Se você está lendo este artigo, é provável que já tenha procurado sobre a diferença entre “further” e “farther” em inglês. Mesmo em dicionários consagrados como Oxford e Cambridge, encontramos que eles podem ser substituídos um pelo outro, respeitando algumas regras. Então, se gostaria de ter uma noção de quando é preferível usar um do que o outro, leia mais aqui 😉

Em artigos sobre o tema, costuma-se dizer que, no inglês americano, “farther” é para distâncias físicas e concretas, e “further” para as abstratas. Isso quer dizer que nos demais sotaques, essa regra não se aplicaria. Além disso, não há fontes comprovando essa diferenciação.

Mas então não tem diferença? Bom, ambos derivam de “far” (longe) e, assim, significam “mais longe”. E, considerando a frequência de uso, “further” tem mais aplicações do que “farther”. Vamos separar por classes gramaticais para entender isso melhor:

Como adjetivo

Quando “further” qualifica substantivos, tem o sentido de “mais”, “extra” ou “adicional”. Abaixo, estão exemplos muito comuns:

For further informationplease visit our website (Para mais informações, visite nosso site)

She’s going to pursue further education abroad (Ela vai se aprofundar nos estudos no exterior)

Nota: “further education”, também conhecido como “continuing education” nos EUA e Canadá, se refere aos estudos após o ensino médio em instituições que não faculdades ou universidades, ou seja, não são considerados graduações, e sim especializações. Já higher education, sim, se refere à educação superior 😉

Como advérbio

Further” como advérbio é sinônimo de “a uma maior distância”, “além disso”, “em maior grau”.

*We want to live further from the city (Queremos morar mais longe da cidade)

Let’s discuss this further (Vamos discutir isso melhor/em mais profundidade)

Se significar “além disso”, “ainda por cima”, também pode ser escrito como “furthermore”:

The storm caused floods throughout the cityFurthermore, therewere some landslides as well.
(A tempestade causou enchentes pela cidade. Além disso, houve também deslizamentos de terra.)

E um exemplo muito comum em trocas de e-mails corporativos:

Further to my (previousemail (Continuando meu e-mail (anterior)…)

Como verbo

Ponto para “further” novamente, que é o único que funciona como verbo. Significa “promover”, “estimular”, “desenvolver”, “fomentar”.

I’m studying English to further my career (Estou estudando inglês para desenvolver minha carreira)

He’s working hard to further the negotiations (Ele está se esforçando para promover as negociações)

Mas e “farther”?

Você viu que não mencionamos ele nos exemplos anteriores, né? Basicamente, o único uso para ele é para distâncias concretas. No entanto (pois é), a distância também pode ser relativa ou sem medidas exatas e, assim como mencionamos no início, essa distinção é mais encontrada no inglês americano. Então, não se espante caso encontre “further” sendo usado no lugar de “farther” mesmo quando o assunto for distância física, como no primeiro exemplo que demos de “further” como advérbio*:

You will find the store a little farther ahead (Você encontrará a loja um pouco mais adiante)

Em conclusão, não há um consenso ou regras gramaticais que separem rigidamente o uso desses dois termos. Em dicionários etimológicos (que estudam a origem das palavras), “farther” é considerado simplesmente uma variante de “further”, ou seja, são totalmente sinônimos. Fora do inglês americano, você encontrará “further” sendo usado em todas as ocasiões mencionadas neste artigo.

É importante estar atento(a) a contextos reais em que eles são usados e se preocupar mais em manter um padrão (ou seja, não misturar os termos dentro de um texto) do que ficar preso(a) a regras. E se gostaria de treinar este assunto e muitos outros com exercícios dinâmicos e variados com a gente, acesse aquifor further information” (para mais informações). 😊

EF English Live

A English Live faz parte do grupo Education First e é a maior escola de inglês online do mundo, criada em 1996. São mais de 100 mil alunos só no Brasil.

Você também pode gostar desses artigos

2 comments

    1. Correct! Só lembrando que, tirando o sotaque americano, as duas frases poderiam ser escritas com “further”, conforme explicamos no artigo 😉

Deixe um comentário!

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios